segurança com armas

Crianças e armas de fogo, neste artigo veja como é possível ter uma arma de fogo mesmo se você tiver crianças em casa.

A curiosidade é considerada por muitos especialistas como sendo um dos primeiros sinais de inteligência em qualquer animal. Logicamente que os seres humanos apresentam esse traço desde seus primeiros anos de vida, mas essa mesma curiosidade pode se tornar algo bem perigoso quando floresce longe da supervisão dos pais. Isso faz com que pensemos duas vezes antes de adquirirmos uma arma de fogo.


As armas de fogo servem para a proteção, mas podem se tornar uma fonte de muita dor de cabeça quando estão nas mãos de alguém que não possui preparo ou que sequer entende o risco delas, como uma criança ou adolescente. Por isso, a postagem de hoje vai abordar os diferentes meios de guardar sua arma de fogo com segurança, de modo que ela fique acessível apenas para você.


É melhor não saber


A melhor maneira de deixar a curiosidade dos seus filhos sobre controle, é não deixar que eles saibam que você possui uma arma de fogo em casa. As crianças são muito mais inclinadas a replicar o comportamento que vêm, inclusive o de filmes e jogos violentos e, mesmo que de brincadeira, ocasionalmente podem acabar machucando a si mesmos ou aos outros.


Quando descobrem a existência de uma arma, despertam a curiosidade provocada por tais jogos e filmes, cometendo o erro de tentar pegar e imitar o que foi feito. Muitos acidentes envolvendo armas de fogo já foram causados dessa forma.


Não guarde a arma municiada


Quando a arma é guardada com munição, o riscos de ocorrer um disparo acidental caso alguém não treinado a encontre é um pouco maior, quando ela é guardada municiada esse risco aumenta ainda mais, principalmente envolvendo jovens e crianças.


Quando guardamos a arma municiada, também aumentamos o risco de nós mesmos causarmos um disparo acidental, pois durante a movimentação da arma o gatilho pode ser acionado mesmo que por acidente. Se a arma está sendo guardada com outros objetos, ainda existe um pequeno risco desses objetos acionarem o gatilho, seja como for devemos diminuir ao máximo qualquer risco de disparo acidental.


Guarde em um local seguro

segurança com armas


As armas de fogo devem ser guardadas trancadas sempre, isso tira qualquer possibilidade de uma criança pequena ter acesso a ela. As lojas de armas geralmente também vendem os equipamentos de segurança como caixas de ferro com tranca para que as armas possam ser armazenadas de forma segura.


A chave deve estar sempre próxima a você mas nunca a vista de todos, eu também recomendo que evite guardar a chave no mesmo chaveiro que estão as chaves do carro e da casa, uma vez que isso dificulta empunhar a arma em uma eventual emergência.

Também é aconselhável que você guarde a munição em um local separado e, assim como a arma, também deve ficar trancada e fora de vista. Desse modo você impede que alguém faça um disparo mesmo que consiga, de alguma forma, abrir o cadeado que protege a arma.


Uma criança pequena não conseguiria fazer isso, mas quem tem adolescentes em casa sabe como eles são espertos, principalmente quando estão fazendo algo que não deveriam.


Trava gatilho


Outra opção muito segura é o trava gatilho, um dispositivo muito simples que é colocado sob o gatilho das armas de fogo para impedir que ele seja acionado. O trava gatilho possui uma fechadura analógica, isto é, ela é aberta com uma chave ou por combinação assim como os cadeados comuns.


Como o gatilho não pode ser acionado, a arma não irá disparar mesmo que esteja municiada. Desse modo, a segurança em se ter uma arma de fogo em casa é muito maior, mesmo que você tenha filhos curiosos.


Ensine à seus filhos na hora certa

Quando somos adolescentes, é muito comum querer impressionar os amigos mostrando que somos mais “adultos” que eles, e não existe algo mais adulto e perigoso que armas de fogo. Mesmo que esteja trancada, é muito natural que os jovens queiram mostrar aos amigos a arma que o pai ou a mão têm.


Se a arma estiver travada, não será algo perigoso de fazer, mas pode se tornar um crime se ele resolver mostrar aos amigos na escola ou em qualquer outro lugar. Para evitar esse tipo de situação, comece a ensinar seus filhos sobre o perigo das armas de fogo, alguns pais também gostam de levar seus filhos para fazer aulas e aprender a atirar, isso também é válido caso o jovem tenha maturidade para tal.


No geral, isso irá sanar qualquer curiosidade que eles tenham a respeito das armas de fogo e reduz bastante o risco de acidentes no futuro. Não subestime seus filhos


Muitos pais não sabem disso, mas até mesmo crianças de 3 anos possuem força na mão suficiente para acionar o gatilho de muitas armas de fogo. Para piorar, antes dos 10 anos as crianças não têm nenhuma noção das consequências de se disparar uma arma de fogo na direção de alguém, elas sequer conseguem distinguir entre armas de brinquedo e as de verdade, o que aumenta muito os riscos de disparos acidentais.


Segundo as estatísticas, a principal causa de acidentes com armas de fogo envolvendo crianças, acontece pois estas estavam guardados municiadas e em locais de fácil acesso como despensas, guarda-roupas e até em baixo da cama.


Eduque seus filhos quanto aos riscos desde cedo


Apesar do treinamento para manusear armas de fogo ser algo para alguém com mais idade, as crianças podem ser orientadas quanto aos riscos desde muito cedo, ensine seus filhos desde a infância a ficarem bem longe das armas de fogo e, para que caso encontrem alguma, avisem um adulto o mais rápido possível.

Eu espero que essa postagem tenha sido útil para você e que ela te ajuda a manter sua casa ainda mais segura. Seguindo essas dicas simples, você poderá ficar bem mais despreocupado, mas lembre-se que é importante permanecer alerta quanto a qualquer outro risco que possa surgir.